Gerador para sauna: descubra pra que serve e como escolher essa peça

Item garante o perfeito funcionamento da sauna. Veja dicas para fazer uma boa compra.

Ter sauna em casa é muito vantajoso. Poder usufruir desse conforto quando quiser, é um verdadeiro privilégio. É fato que podemos ter essa experiência em locais como clubes e em alguns condomínios, mas nada se compara à ter esse momento com a privacidade que só a nossa casa oferece, não é mesmo?

Mas instalar uma sauna em casa não é só sinônimo de diversão e relaxamento. Para que essa estrutura funcione perfeitamente, é preciso prestar atenção em alguns itens, como o gerador de vapor. Nesse artigo, vamos explicar qual é a função do gerador para sauna e compartilhar algumas dicas para que você faça a escolha correta. Vamos lá?

 

Gerador para sauna: saiba como funciona

A sauna à vapor é um ambiente onde a pessoa usufrui de uma experiência terapêutica, obtida através do calor produzido por vapor de água. Essa é a que característica torna a sauna tão confortável e benéfica para a saúde. Para conseguir esse efeito, o gerador de vapor é indispensável.

O gerador de vapor para sauna é uma espécie de reservatório, onde a água é aquecida para que aconteça a vaporização. Esse processo de aquecimento pode ocorrer com a ajuda de uma resistência elétrica, de um queimador à gás ou de lenha. Muitas pessoas que frequentam saunas não percebem a existência do gerador, e isso não é por acaso.

É recomendado que o gerador seja instalado do lado de fora desse ambiente, pois o vapor que ele produz pode acabar trazendo danos à sua estrutura. Por isso, ele é afixado do lado externo da sauna, de preferência perto de um ponto de água. O vapor passa para dentro dela através de uma tubulação. Já o ralo presente nas saunas é instalado para escoar a água que sai dessa mesma tubulação quando o gerador é higienizado, processo que deve acontecer periodicamente. Bem simples, não é mesmo?

Esse é o funcionamento padrão do gerador de vapor. Você não precisa se preocupar com essa parte. A atenção maior deve estar no tipo de gerador que você vai escolher. Vamos a eles!

 

Tipos de gerador de vapor para sauna

Sauna elétrica, à gás ou à lenha? Essa pergunta causa muita dúvida em pessoas que estão construindo uma sauna. Não existe resposta correta. Cada um desses tipos vai apresentar vantagens e desvantagens. É preciso que você analise suas necessidades para descobrir qual o melhor pra você.

A seguir, vamos falar um pouco sobre cada um deles, dando dicas para te ajudar nessa decisão.

 

Geradores elétricos

Geradores elétricos funcionam à partir de energia elétrica. São mais cômodos, pois para ligar basta apertar um botão. Porém, representam um gasto a mais na conta de energia. uma vantagem bastante interessante é o seu tamanho, geralmente compacto. Seu reservatório de água é interno, e pode ser de chapa galvanizada ou inox, sendo a última opção indispensável em cidades do litoral, onde há maresia. O quadro de comando pode ser analógico ou digital.

 

Geradores à gás

Geradores de vapor à gás são alimentados através de botijões de gás GLP, o que o torna bastante econômico. A desvantagem, nesse caso seria ter que efetuar a troca desses botijões periodicamente. Esse tipo de gerador vem com acendimento automático e é bastante seguro, desde que a instalação seja feita corretamente (assim como os aquecedores à gás para chuveiro, por exemplo). São ideais para saunas de grande extensão.

 

Geradores à lenha

A grande vantagem do gerador de vapor à lenha é a parte decorativa, que dá um quê a mais na experiência. Ela é alimentada a partir de tocos de madeira que, quando queimam, aquecem a água e fazem com que haja vapor. Esse tipo de sauna é popular em fazendas e sítios, ou seja, locais onde o acesso à lenha é fácil. Uma opção interessante para espaços menores e/ou urbanos, são os geradores à lenha que também podem ser alimentados com gás.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *